sexta-feira, 23 de maio de 2008

Vai.

Ser maior do que os meus sentimentos
Impor-me
Gostar de mim, ter amor próprio
Dizer à chuva que vá
Que não aguento mais tê-la por perto.
Que apesar dos raios de sol
São muitos mais os dias cinzentos.
E eu...
Eu não aguento mais viver na escuridão.
Se um dia foi sol
Há muito que é chuva, e...
Sinto-me gelada!
Já não suporto a ideia
De sentir a chuva tocar-me
Sabendo que no momento seguinte, parou.
E depois de parar,
Resta só um dia cinzento e frio.
Eu quero sol!
Preciso de sol na minha vida!
Por isso...
Vai-te embora chuva,
Não me molhes mais,
Não me faças gelar mais
Do que aquilo que já gelei.
Deixa-me ser tudo o que um dia fui
Acordar, abrir a janela e...
Sol!
Sentir-me quente,
Sentir-me feliz,
Sentir-me bem!
Agora espero pelo Sol
Para que aqueça, tudo o que a chuva gelou.
Porque...
Eu hoje consegui pedir a chuva que se vá embora...

2 comentários:

Annie. disse...

Eu ainda sinto a chuva a cair sobre mim. Já não basta a chuva, e as rajadas do vento são tão fortes que batem-me até cair ao chão. E ali eu fico, caia no meio do nada. Olho a minha volta e nada vejo, só sinto a chuva, só sinto o vento, só sinto o meu corpo a gelar. Por vezes, a chuva acalma, o vento pára e o sol espreita entre as nuvens, aí tento levantar-me, continuar o meu caminho, mesmo sem saber para onde ir. E quando a noite chega, e o sol desaparece.. fico com medo. Medo que a tempestade se aproxime e volte a cair, ás vezes não tenho como escapar, outras vezes as estrelas aparecem para me salvar e fazem-me brilhar com elas. Aí sinto-me feliz, mesmo que essa felicidade seja apenas por breves momentos, até a tempestade voltar..


Tu és uma das estrelas que afasta a tempestade de mim e me faz sorrir. Obrigada estrelinha. * <3

Francisco Castelo Branco disse...

Ola! Vi o seu blogue e gostei bastante. Tem muito conteudo e bastante interesse......
Tenho um blogue . É www.olhardireito.blogspot.com ..... Gostava que o visitasse e desse uma opinião....

Obrigado pela atençao

Cumprimentos